Pêras Assadas para lambuzar o Outono

Partilha a tua sensação
Correr. Tem sido o verbo mais presente na minha vida nos últimos meses. Correr para o trabalho, correr para os projectos pessoais, correr para a família. Malabarismo. Tem sido a actividade secundária associada às rotinas do dia-a-dia. Parece que há sempre uma quantidade louca de tarefas a multiplicarem-se, a exigirem equilíbrio, a pedir que sejam concretizadas com a máxima brevidade e excelência. Parece que ultimamente a matemática diária se desnorteou. Quanto mais subtraio, mais elevada é a soma de coisas por fazer. Com esta correria, só sei que o final do ano se aproxima a passos largos e toda a gente me bombardeia com o Natal. 2017 podes voltar ao início? Quase que apetece questionar.




Tenho seguido alguns blogues que estão a trabalhar a questão do Slow Living, uma maneira de estar na vida muito em voga nos dias de hoje. Com estas leituras, com a partilha de histórias às vezes tão pessoais, apercebo-me que há sempre solução para esta minha correria, para este meu queixume. Talvez uma maior organização. Talvez a necessidade de aprender a usar mais vezes a palavra não. Talvez a urgência de estabelecer prioridades e perceber o que realmente me interessa.




2017 até pode estar a ser frenético, mas tem sido um óptimo companheiro de reflexão. No meio da correria, tem sido esse trabalho que tenho vindo a privilegiar. Reflectir, encontrar o que é tóxico na minha vida, descobrir o que não quero que transite para 2018, privilegiar os momentos em que a calma se instala e vejo com clareza as pessoas boas que me rodeiam. É tão importante, mas tão importante reflectir, não deixar que a correria seja apenas uma coisa consumista, capitalista desnorteada, sem luz ao fundo do túnel.  









A receita que hoje partilho, enquadra-se perfeitamente nesta reflexão que tenho tecido. Mesmo que a correria se instale, é necessário manter os pequenos prazeres da vida, com momentos simples, neste caso, com sobremesas sem grande floreados que preenchem a alma.

Pêras Assadas com Cardamomo, Mel e Vinho do Porto

Ingredientes
6 a 8 pêras rocha maduras mas firmes
5 c. de sopa de mel
1 c. de sobremesa de cardamomo
Vinho do Porto Branco

Pre-aquecemos o forno a 180ºC. Lavamos muito bem as pêras. Secamos com um pano de cozinha e cortamos as pêras ao meio longitudinalmente. Colocamos a fruta um tabuleiro e juntamos o mel, o cardamomo. Com as mãos esfregamos o mel e a especiaria na fruta. De modo a que estes ingredientes se entranhem bem nas pêras. Adicionamos o Vinho do Porto, de maneira a que metade das pêras fiquem submersas. Levamos ao forno durante 15 minutos. Retiramos do lume, viramos as pêras ao contrário e regamo-las com o molho. Voltamos a colocar o tabuleiro no lume por mais 20 a 30 minutos, até as pêras ficarem macias e o molho reduzido a um xarope.




Próximo publicaçãoMensagem mais recente Publicação anteriorMensagem antiga Página inicial

0 A partilhar sensações: